Instituições financeiras apresentam linhas de crédito para empresas de Turismo

credito.png

Empresários que atuam no segmento turístico da Paraíba tiveram a oportunidade de conhecer na sexta-feira (26) algumas das principais linhas de financiamentos de oito instituições financeiras, durante o webinário promovido pela Secretaria de Turismo de João Pessoa. A ação faz parte do projeto “O Turismo precisa respirar”, que pretende ajudar o empresariado no momento mais duro da pandemia da covid-19 e, ao mesmo tempo, prepará-los para a retomada da economia no pós-pandemia.

Durante duas horas, quase 80 empresários tiveram a oportunidade de dialogar com executivos dos bancos, que apresentaram linhas de crédito diversas, com juros e taxas menores, a maioria delas, exclusivas para empresas que atuam no Turismo. Tiveram acesso a informações sobre modelos de parceria e até mecanismos que permitem investimento de ampliação de seus negócios.

O secretário municipal de Turismo, Daniel Rodrigues, afirmou que o poder público precisa se fazer presente nesse momento e que a prefeitura tem desenvolvido uma série de medidas em todas as áreas para minimizar os efeitos da crise provocada pela covid-19. “O projeto também irá efetivar PPP (Parcerias Pública Privada), promover capacitações e treinamentos com as principais operadoras de turismo do Brasil, viabilizar estudo de política fiscal para atrair mais voos, desenvolver o Polo Gastronômico na capital paraibana, entre outras ações”, destacou.

O secretário executivo de Turismo, Ferdinando Lucena, lembrou ainda, que “o projeto pretende aproximar as empresas do sistema do Turismo das instituições financeiras, apoiar e facilitar o crédito para as empresas e apresentar editais de inovação para as empresas”, disse.

Os empresários presentes manifestaram agradecimento à iniciativa da secretaria. Linton Barros, ex-gerente geral do Hotel Tambaú, enfatizou que o projeto é uma “excelente oportunidade para nosso turismo tentar recuperar as perdas e voltar a crescer o mais rápido possível”. Por outro lado, ele criticou ‘o excesso de burocracia’ e disse que “as exigências de garantia são um empecilho para conseguir crédito. Como facilitar estas barreiras?”, questionou. Já a professora da Universidade Federal da Paraíba, Ana Valéria Endres, afirmou que “sem fomento, o turismo não vive. O tema é extremamente importante neste momento”, observou.

Os presidentes da Abav (Associação Brasileira das Agências de Viagens, seccional Paraíba), Breno Mesquita e do Convention Bureau de João Pessoa, Marcus Abrantes, participaram do webinário e devem repassar as informações para os associados das respectivas entidades.

O webinário foi mediado pela chefe da Divisão de Projetos Especiais da Setur, Denise Gadelha, e teve a participação dos superintendentes do Banco do Nordeste do Brasil, João Nilton; do Banco do Brasil, Ulisses Rocha; da Caixa Econômica, Paulo Nery; Evaldo Cruz, da Sudene; Viviane Cardoso, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES); Arquelau Ayres, diretor financeiro da SICCOB; Ana Paula Marquito, gerente de Desenvolvimento de Negócios do SICREDI; Paulo Azevedo, gerente Nordeste da Financiadora de Estudos e Pesquisa (Finep).

Por Fábio Cardoso – Setur João Pessoa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial