Bananeiras vai promover o “Melhor São João do Mundo” com 30 dias de festas, em 2022

Bananeirasjunina.jpg

A cidade de Bananeiras, localizada no Brejo da Paraíba – distante 72 km de Campina Grande e 128 km de João Pessoa – vai entrar no calendário das grandes festas juninas do Brasil, em 2022, competindo, no tamanho e dias de festas, com Campina Grande e Caruaru (PE). Nesta segunda-feira (27), a prefeitura, em parceria com a Medow Entretenimento e Cultura, estará realizando o pré-lançamento do projeto do “Melhor São João do Mundo”. O evento terá 30 dias de muita festa e grandes atrações nacionais, sem perder a essência do forró raiz, conforme determinação do prefeito Matheus Bezerra. O evento será importante para a geração de milhares de empregos diretos e indiretos e uma forte injeção de recursos para a economia da região.

De acordo com a secretária de Turismo de Bananeiras, Karina Leon, o projeto colocará a cidade no cenário nacional e internacional das grandes festas juninas, mas, sobretudo, irá da “tradição à modernidade, do palco às ruas”, abrilhantando a cidade que é patrimônio histórico da Paraíba.

Jomário Souto, diretor da Medow Entretenimento, adiantou ao Turismo em Foco, que o “Melhor São João do Mundo” terá uma mega estrutura, com a construção de uma réplica do Parque do Povo, com 19 mil metros quadrados, estrutura que permite a presença de até 40 mil pessoas. Para se ter uma ideia, o Parque do Povo de Campina Grande mede 27 mil metros quadrados.

Muitos pontos do projeto ainda estão sendo ajustados, entre eles, a própria capacidade de público, que dependerá da situação de controle da pandemia da Covid-19 e os protocolos de segurança. Também ainda não está confirmado o período da festa, que deve ser anunciado durante o pré-lançamento, assim como os nomes de algumas atrações já contratadas. A infraestrutura da cidade é outro ponto em pauta.

O “Melhor São João do Mundo” deverá atrair milhares de pessoas de todo o Brasil, principalmente, aquelas que residem na própria Paraíba e no Rio Grande do Norte, que naturalmente já são dois públicos que fizeram de Bananeiras a sua segunda moradia. A cidade é considerada uma Gramado, na Serra Gaúcha, e está em pleno crescimento econômico com a construção de condomínios, rede hoteleira e equipamentos para comida fora de casa.

Fonte/foto: Fábio Cardoso – Portal Turismo em Foco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial