Brasil adere ao Código Internacional para a Proteção de Turistas

d6bc7385-51d8-4a3c-8c2d-6c4680cadf36.png

Divulgação MTur

Com a iniciativa, país assume compromisso de debater ações para proteger turistas em situações de emergência

m uma iniciativa inédita, o Ministério do Turismo do Brasil assinou nesta quinta-feira (19.10), no Uzbequistão, a adesão ao Código Internacional para a Proteção de Turistas (ICPT). Um compromisso assumido junto à Organização Mundial do Turismo (OMT).

Trata-se de um conjunto abrangente de princípios e recomendações sobre a proteção de turistas em situações de emergência, não limitado a pandemias, e os direitos dos consumidores, com o objetivo de restaurar a confiança das viagens e fornecer garantias suficientes aos viajantes internacionais em situações adversas.

“Este é mais um resultado do trabalho desenvolvido pelo Ministério do Turismo com foco na melhoria da experiência turística no Brasil, bem como sua segurança em todos os aspectos. Acredito que a assinatura de hoje representa um novo momento no turismo do nosso país”, comentou o ministro Celso Sabino.

Com a adesão, o Brasil passa a fazer parte da rede de países comprometidos com seus turistas, devendo informar ao Secretário-Geral da entidade sobre sua aplicação em seu país com o objetivo de compartilhar conhecimentos, experiências e práticas recomendadas.

MTur

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial